Sport aceita reduzir valor para negociar André com o Grêmio

Daniel Diau anuncia retorno aos vocais da Calcinha Preta
Morre ex-empresário de Zezé di Camargo e Luciano

Sport aceita reduzir valor para negociar André com o Grêmio

O Grêmio segue tratando da contratação do centroavante André, do Sport. E, após afastar o jogador, o clube pernambucano começa a ceder em alguns pontos importantes para a conclusão do negócio. O principal deles, claro, é o preço.

O empresário de André, Fernando Garcia, é o responsável por conduzir as tratativas para sua liberação. Na segunda-feira, o agente se reuniu com o presidente do Sport, Arnaldo Barros, e ouviu que o clube pernambucano aceitaria baixar a pedida que, segundo a direção do Grêmio, teria sido de R$ 60 milhões.

Pressionado para buscar reforços, sobretudo pela eliminação na Copa do Brasil, Barros aceitaria R$ 12 milhões para vender 70% dos direitos econômicos de André, mantendo 30% para uma futura negociação. Agora, o representante do atleta repassará a informação ao Grêmio, que decidirá se cobre o valor para fechar o negócio.

Em contato com GaúchaZH, o novo vice de futebol do clube pernambucano, Guilherme Beltrão, disse que o Sport jamais pediu o valor de R$ 60 milhões ao Grêmio por André. E descarta o envolvimento de jogadores em troca na negociação.

— Estou assumindo o cargo hoje, ainda não participei das reuniões. Mas posso dizer que o André só sai por dinheiro, não tem negócio com troca de jogadores. O Sport nunca pediu R$ 60 milhões por ele, isso é conversa do Grêmio. Mas precisa ser um valor justo, dentro dos padrões do mercado brasileiro — observou Beltrão.