Prefeituras suspendem serviços em PE por falta de combustível

Ponte dos Carvalhos no Cabo de Santo Agostinho amanheceu nesta quinta feira sem combustível
Greve dos caminhoneiros ameaça realização dos jogos do Brasileirão

Prefeituras suspendem serviços em PE por falta de combustível

Por causa da greve dos caminhoneiros, iniciada na última segunda-feira (21) devido aos seguidos aumentos nos preços dos combustíveis, serviços como transportesaulas e repartições públicas são afetados e suspensos na Região Metropolitana do Recife (RMR) e também no interior de Pernambuco.

Em Garanhuns, no Agreste do Estado, a prefeitura anunciou a suspensão das aulas em colégios municipais nesta quinta-feira (24) e sexta-feira (25). Segundo a Secretaria de Educação (Seduc) da cidade, a maioria dos professores – cerca de 60% – são de fora do município e comunicaram à Seduc que estão impossibilitados de se deslocar. A pasta informa que as aulas serão repostas posteriormente. A coleta de lixo na cidade também foi suspensa.

A coleta de lixo em Garanhuns será realiza apenas no centro da cidade e principais corredores a partir da sexta-feira (25). A prefeitura pede à população para não colocar lixo nas ruas até serem avisados de que o serviço voltou ao normal. A Prefeitura de São Lourenço da Mata, na RMR, decretou ponto facultativo para órgãos de administração da gestão municipal para esta quinta. Os transportes de Rio Formoso, no Litoral Sul, também foram suspensos temporariamente. Apenas serviços de saúde serão mantidos.

As aulas na rede municipal de Gravatá, no Agreste, serão canceladas a partir da tarde desta quinta e só retornarão, segundo a prefeitura, com a regularização do abastecimento. No Cabo de Santo Agostinho, na RMR, o estoque de combustível é mínimo e, segundo a prefeitura, a suspensão pode acontecer a qualquer momento.