Passagem mais cara ! Empresários querem aumento de 11% nas passagens de ônibus

Homem declarado morto por três médicos acorda na mesa de necropsia
Vai faltar água: Obra da Compesa em Candeias afeta abastecimento de água de áreas de Jaboatão e no Cabo

Passagem mais cara ! Empresários querem aumento de 11% nas passagens de ônibus

O reajuste das passagens de ônibus para este ano será debatido em reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) marcada para a próxima sexta-feira (12). O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) está solicitando um aumento médio de 11,02%. O encontro acontece às 8h, na sede da Secretaria das Cidades, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife.

Conforme a proposta do empresariado, a tarifa do anel A – utilizado por mais de 70% dos usuários do transporte público – subiria de R$ 3,20 para R$ 3,55. Enquanto isso, o anel B aumentaria de R$ 4,40 para R$ 4,90; o D, de R$ 3,45 para R$ 3,85; e o G, de R$ 2,10 para 2,35.

Nesta segunda-feira (12), integrantes da Frente de Luta pelo Transporte Público se reúnem para discutir o assunto. “Vamos programar atos públicos contra essa proposta que está fora da realidade. O IPCA foi de 4%, vamos pressionar o governo para que não corrobore com esse percentual proposto pelos empresários”, explica o advogado Pedro Josephi, um dos coordenadores do movimento.

Informações

No site do Consórcio Grande Recife, constam a planilha, a solicitação feita pela Urbana e um estudo de recomposição tarifária. Nos documentos, o órgão demonstra uma queda de número de passageiros, aumento de insumos e não cumprimento da meta prevista para renovação de frota. Entre novembro de 2016 e dezembro de 2017, 380 ônibus foram renovados, 87 a menos que os 467 previstos. Além disso, 470 veículos – boa parte da frota – estão fora da vida útil, de sete anos. O consórcio diz que só irá se pronunciar a respeito no dia da reunião.