Pai de vítima de acidente com helicóptero é um dos donos da aeronave

Temer prefere que Lula seja ‘derrotado politicamente’
Ciro Gomes almoça com Paulo Câmara nesta terça

Pai de vítima de acidente com helicóptero é um dos donos da aeronave

A família do único sobrevivente da queda de um helicóptero, na manhã desta terça-feira (23), na
Praia do Pina, Zona Sul do Recife, chegou ao Hospital da Restauração desesperada, em busca de
informações. O operador de transmissões Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, foi socorrido
pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e chegou à unidade de saúde por volta
das 6h50, em estado grave, com traumas no abdômen e na cabeça.

O pai de Miguel é um dos pilotos do helicóptero que caiu, e também um dos donos da empresa
Helisae, dona do Globocop, que presta serviço à Rede Globo há mais de 15 anos. Ele também
explicou que era comum ter um membro da aeronáutica nos helicópteros, como a sargento que
também morreu no acidente. Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos entrou em uma cirurgia
para conter uma hemorragia no abdômen e fraturas graves na face.

 

Globocop
O helicóptero que se envolveu em um acidente, na manhã desta terça-feira (23), é o Globocop,
helicóptero da empresa Helisae que presta serviços há 15 anos para a Rede Globo Nordeste. De
acordo com a Helisae, a aeronave passou por uma inspeção na semana passada.

Vítimas
Na queda, morreu o comandante da aeronave, Daniel Galvão. A sargento Lia Maria Abreu de
Souza, de 34 anos, chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência
(Samu), não resistiu aos ferimentos e também morreu.

Uma terceira vítima, identificada como Miguel Breno, operador de transmissão da TV Globo, foi
socorrido para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, em estado gravíssimo. Ele está
internado no bloco cirúrgico.

Por: TV Jornal