NO CABO, SE CÂMARA APROVAR ALTERAÇÃO DE LEI, CARGOS COMISSIONADOS PODERÃO SER INDICADOS PELO PREFEITO PARA ASSUMIR PRESIDÊNCIA DO CABO-PREV

CNH digital vai valer em todo o Brasil em fevereiro; veja como é ter uma
Adolescentes de 13 e 15 anos são assassinados a tiros em Paudalho

NO CABO, SE CÂMARA APROVAR ALTERAÇÃO DE LEI, CARGOS COMISSIONADOS PODERÃO SER INDICADOS PELO PREFEITO PARA ASSUMIR PRESIDÊNCIA DO CABO-PREV

A informação é do diretor de comunicação do Sindicato dos trabalhadores do Cabo (Sintrac), Airton Pessoa, que foi confirmada pelo vereador Arimateia (PSDB) e hoje, dia 24, às 9h, será votado no plenário da Casa Vicente Mendes (legislativo cabense) uma proposta oriunda do poder executivo que altera a lei que veda cargo comissionado (do legislativo e do executivo) de assumir diretorias e a presidência do Cabo-Prev. A atual presidente é Célia Verônica Emídio. Aprovada, a Lei permite que o chefe do executivo possa nomear ao cargo.

Segundo Airton Pessoa, o Ministério Público de Pernambuco já foi acionado. Para Airton um cargo comissionado indicado e assumindo a presidência do Cabo-Prev não dará segurança ao servidores.

O vereador Ricardinho (Solidariedade), em entrevista ao Blog Faloreiro, acusou recentemente o prefeito Lula Cabral de ter feito uma transação de mais de R$ 93 milhões dos investimentos do CaboPrev, para uma instituição financeira conhecida por Terra Nova, instituição privada, que já tem um histórico de prejuízos dados a outros investimentos públicos feitos no passado. Disse o vereador.