Mais de 38,3 mil pernambucanos ainda não sacaram o Abono Salarial ano-base 2015

Briga entre FBC e Raul Henry entra para os ‘anais’ da Alepe
Preso suspeito de embriagar e estuprar criança de 12 anos

Mais de 38,3 mil pernambucanos ainda não sacaram o Abono Salarial ano-base 2015

Mais de R$ 1,018 bilhão está disponível para saque para quase um milhão e meio de brasileiros que têm direito ao benefício do PIS/Pasep, de acordo com dados do Ministério do Trabalho. Em Pernambuco, R$ 27.556.535,30 estão esperando saque dos mais de 38,3 mil beneficiários que ainda não buscaram abono. O valor que cada trabalhador tem para receber é proporcional à quantidade de meses trabalhados formalmente no ano-base e pode variar de R$ 79 a R$ 937. O prazo final é 28 de dezembro de 2017, e não haverá nova prorrogação.

“Nós disponibilizamos no site do Ministério do Trabalho a lista com os nomes de todos os trabalhadores com direito ao abono de 2015 e que ainda não sacaram o dinheiro. O trabalhador pode consultar essa lista. Se o nome dele estiver lá, basta dirigir-se ao banco e fazer o saque”, orienta.

Metade de todo esse recurso está no Sudeste, principalmente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O chefe de divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan, lembra que esse recurso é dos trabalhadores, e aconselha as pessoas a verificarem se têm direito ao benefício.

Quem tem direito
Para ter direito ao benefício é necessário haver trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2015 com remuneração média de até dois salários mínimos no período trabalhado. Além disso, o trabalhador tinha de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).