Dolabella dá “palestra” como vegano na prisão

Novo Galvão? Pensando na Copa, Globo contrata narrador do Fox Sports
Disputa pela presidência do MDB de PE atrapalha projeto de Fernando Bezerra

Dolabella dá “palestra” como vegano na prisão

Mãe de Dado Dolabella, Pepita Rodrigues visitou o ator nesta quarta-feira (21) no 33º Distrito Policial, em
Pirituba, zona norte de São Paulo, onde ele está preso há dezesseis dias pelo não pagamento de pensão
alimentícia ao filho, fruto do relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves. Em entrevista ao UOL, a atriz
conta que deixou a delegacia tranquila após ver a situação em que se encontra seu filho.

“Esta foi a segunda vez [que ela esteve na delegacia]. Ele está bem… Esse lugar em que ele está, é um local de
presos administrativos. Não é uma prisão de criminoso, assassino. Eu fico mais tranquila”, disse.

Segundo Pepita, o filho, que é vegano, está conseguindo se alimentar adequadamente e, inclusive, incentivando
outros presos com seu estilo de vida: “Ele come legumes, arroz, feijão. Está tudo certo. Ser vegetariano é muito
simples. São basicamente verduras”.

“Ele é uma pessoa muito do bem e que não merecia estar passando por isso. Mas é o que tem que ser, né? Ele
está conseguindo [se exercitar] e está incentivando todo mundo. Ele faz ‘palestra’ de vegano”, completa. Ela diz,
também, que o filho não fez nenhum pedido especial – apenas que ela não se preocupe com ele. “Ele me disse
que está bem. Se ele está bem eu fico bem”, garante.

A reportagem do UOL apurou que a família levou alimentos para Dado na semana passada e que dois
advogados procuraram por ele na delegacia. Um investigador o definiu como um “preso normal”, que não
apresentou problemas e tampouco recebeu algum tipo de regalia. O ator está preso com outros 41 detentos,
que ficam em um pátio com celas abertas.

Nesta quarta, o jornalista Leo Dias, do “Fofocalizando”, mostrou no programa imagens exclusivas do ator preso.
Nas fotos, Dolabella aparece de bermuda, chinelos e sem camisa ao lado de outros detentos.

Dado Dolabella, que já foi preso em agosto do ano passado pelo mesmo motivo, no Rio de Janeiro, deve cerca
de R$ 196 mil de pensão ao filho. Desta vez, ele foi detido em São Paulo após uma mulher, que não quis se
identificar, apresentar um mandado de prisão. Segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, a
mulher informou o local onde o ator poderia ser encontrado.

A mãe de Dado considera excessivo o valor que é pedido pela pensão. Ela alega que o filho não tem condições
de pagar o que a Justiça determina.

“Ele não tem dinheiro para pagar e a gente também não tem. É muito dinheiro. Ele está pedindo a redução
porque ela [a ex-mulher] cobra seis salários mínimos por mês. Para uma pessoa que está sem trabalho fixo não
tem como pagar. Ele paga religiosamente o seguro saúde desde que ele [o filho] nasceu e quando recebia
[salário fixo] ele pagava”, afirma.

Pepita fez um apelo para que haja uma redução no valor da pensão. “Minha expectativa é só aguardar que a
justiça se faça. Não se pode cobrar de uma pessoa o que ela não tem. Foi justo [o filho ser preso] porque ele
realmente não pagou o que essa mulher quis, mas injusto porque há três anos que ele pede essa redução que
até agora não deram… Agora é esperar”, declara.

Se não quitar a dívida, Dado pode ficar preso por até sessenta dias. Ao ser preso, o ator se defendeu: “Esse
valor da pensão é um valor que está errado, de acordo com um salário que eu não recebo mais. Eu queria
poder dar mais para o meu filho. Que pai não quer ajudar o filho a crescer?”.