Churrasco, carro de luxo e biarticulado: 6 dicas de como gastar os R$ 100 milhões da Mega-Sena

Giba tem prisão decretada por não pagar pensão alimentícia
DHPP investiga triplo assassinato dentro de pousada no Cabo

Churrasco, carro de luxo e biarticulado: 6 dicas de como gastar os R$ 100 milhões da Mega-Sena

Todo mundo sonha com os milhões sorteados pela Mega-Sena. Neste sábado (17), por exemplo, a loteria mais popular do Brasil promete entregar R$ 100 milhões ao sortudo que acertar as seis dezenas e todo mundo sonha em usar esse dinheiro para mudar de vida e fazer tudo aquilo que sempre quis. Mas você tem ideia do que esse montante é capaz de comprar?

A cifra realmente impressiona. São tantos zeros que é fácil se perder na conta e ainda mais simples se empolgar com as possibilidades do que fazer com esse dinheiro. Por isso, para ajudá-lo nessa difícil tarefa, listamos algumas possíveis compras que você pode fazer caso seja o ganhador dos R$ 100 milhões.

Costela e cerveja

 

Vamos ser sinceros: brasileiro gosta de festa. Se o motivo for comemorar a fortuna que acabou de receber, melhor ainda. Assim, o ganhador da Mega-Sena pode organizar um churrasco gigantesco com nada menos do que 8,4 mil toneladas de costela. Isso é o suficiente para deixar uma cidade inteira comendo por vários dias.

Outra opção para festar é a bebida. O prêmio é o suficiente para comprar 37,7 milhões de latinhas de cerveja — o equivalente a 13,2 milhões de litros. Com isso, é possível encher cinco piscinas olímpicas para você entrar de cabeça na comemoração.

O carro mais caro do Paraná

Quem ganha uma bolada como os R$ 100 milhões fica muito tentado a comprar também um carro de luxo. E, com todo esse dinheiro, você não só poderia encher a sua garagem com esses carrões sem esquentar a cabeça com o IPVA.

Levando em conta o valor venal do superesportivo Lamborghini Huracande R$ 2,25 milhões e o imposto de R$ 79 mil que o motorista deve pagar por cada veículo, o ganhador da Mega-Sena pode comprar 43 automóveis já regularizado com o Detran — o suficiente para andar com um carro zero todos os dias por quase um mês e meio.

Novos biarticulados

A prefeitura de Curitiba anunciou que a cidade vai receber 25 novos ônibus biarticulados no fim de março. Segundo a Urbs, empresa que administra o serviço de transporte na capital, cada modelo zero quilômetro custa cerca de R$ 1,3 milhão para os cofres do município — o que significa que o prêmio é capaz de comprar 77 novos ônibus e retirar das ruas os muitos dos veículos que já estão vencidos e não deveriam mais estar circulando.

Bunker do Geddel

Para os ganhadores mais extravagantes, é possível usar o dinheiro para fins mais incomuns. Os R$ 100 milhões são o suficiente para encher duas vezes o bunker do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que tinha nada menos do que R$ 51 milhões guardados em caixas e malas em um apartamento na Bahia.

Na mesma linha, você pode fazer inveja ao ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB), flagrado transportando R$ 500 mil em uma mala no início de 2017. Assim, com o prêmio, você consegue encher 200 malas com certa facilidade.

O único problema — além da possível dor de cabeça com a Polícia Federal — é que fazer isso seria dispensar o rendimento que qualquer outro tipo de investimento ofereceria. Ainda assim, seriam boas maneiras de ostentar e ainda fazer piada com a classe política.

Aposentadorias para Michel Temer

No início de fevereiro, o presidente Michel Temer (PMDB) teve a sua aposentadoria suspensa após não ter realizado os exames de prova de vida exigidos para a manutenção do benefício. Com isso, ele deixa de receber os R$ 45 mil a que tem direito como procurador do Estado. Segundo dados do Portal da Transparência, no último mês de outubro, ele recebeu R$ 22,1 mil levando em conta todos os descontos para adequar o valor ao teto constitucional.

Assim, se você levar a Mega-Sena neste fim de semana, pode ligar para o presidente e dizer que ele não tem mais que marcar horário para regularizar sua situação junto ao INSS, já que o prêmio pode pagar 4.523 aposentadorias do chefe do executivo.

Auxílio-moradia

Alvo de polêmicas neste início de ano, o auxílio-moradia de R$ 4,3 mil recebido por juízes não seria problema para o ganhador do concurso 2.015 da Mega-Sena. Na verdade, com o valor, o vencedor da loteria poderia até mesmo adotar alguns magistrados por um bom período, já que o prêmio equivale a 22.841 ao valor recebido pelos membros do judiciário — inclusive por aqueles que possuem imóvel próprio na cidade em que atuam.

Apenas para ter uma ideia, os R$ 100 milhões são o bastante para pagar o auxílio-moradia de todos os 16.429 juízes do Brasil e ainda sobraria um troco para pagar o mesmo benefício para 6.826 membros do Ministério Público que também contam com esse apoio.

O único porém que pode atrapalhar os planos de quem pensa em adotar um juiz é que o auxílio-moradia não é o único penduricalho a entrar na conta. É preciso somar ainda os auxílios-alimentação, saúde, livro e até o carro oficial, o que pode fazer seus milhões desaparecerem rapidamente.