As eleições de 2018 não começaram mas existem muitos aspirantes com possibilidade de figurar entre os mais votados

Ganhando do Corinthians, o Sport fica na Série A, diz Dubeux
Pai acorda e recebe notícia sobre mortes de esposa e filho

As eleições de 2018 não começaram mas existem muitos aspirantes com possibilidade de figurar entre os mais votados

As eleições de 2018 não começaram mas existem muitos aspirantes a mandatos na Casa de Joaquim que são considerados pule de dez para atingir um mandato, e ainda há possibilidade de figurar entre os mais votados. A maioria deles chegarão amparados por uma forte estrutura de poder, como prefeituras que precisam de um representante no legislativo estadual para destravar projetos de interesse do município.

O principal deles é o ex-deputado Manoel Ferreira, que não se elegeu em 2010 e passou oito anos fora de mandatos eletivos. Patriarca de uma vitoriosa e relevante família em Pernambuco, Manoel Ferreira disputa com o apoio do segmento evangélico e do prefeito de Jaboatão dos Guararapes Anderson Ferreira. Além de se eleger, ele deverá figurar entre os mais votados do pleito.

O prefeito de Olinda Professor Lupércio, que foi deputado estadual entre 2015 e 2016, já bateu o martelo e lançará sua esposa Claudia Cordeiro para um mandato no legislativo estadual. Claudia, que tem um forte trabalho social em Olinda ao lado do marido, tem todas as condições de sair majoritária de Olinda e com a eleição garantida pelo Solidariedade.

O jovem Aglailson Victor, filho do prefeito de Vitória de Santo Antão Aglailson Junior, é mais um candidato pule de dez para chegar ao mandato em 2018, pois além de sair de Vitória com expressiva votação, será candidato com o apoio das bases do pai, que foi deputado até 2016. A expectativa é de que ele possa ser um dos puxadores de voto do PP.

A publicitária Fabiola Cabral é a aposta do prefeito do Cabo de Santo Agostinho Lula Cabral para a disputa, que já tem seu irmão Everaldo Cabral na Casa de Joaquim Nabuco. Ela desde cedo acompanha o pai na sua trajetória política e tem plenas chances de sair do Cabo de Santo Agostinho com seu mandato encaminhado.

Por fim, o secretário de governo de Ipojuca Romero Sales, tem todas as condições de chegar a um mandato na Alepe. Vem com o apoio da prefeita Célia Sales e é considerado um dos puxadores de voto do PTB do senador Armando Monteiro. Com estes apoios, Manoel Ferreira, Claudia Cordeiro, Fabiola Cabral, Aglailson Victor e Romero Sales são 99,9% certos entre os 49 eleitos de 2018 para a Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Fonte;Blog Edmar Lyra