Vereador do Cabo,Ricardinho pede investigação contra seleção simplificada de Lula Cabral

Show evangélico promovido pela Prefeitura do Cabo, teve vaias ao Governo e briga de “bença” contra “bença”.
Confira o que abre e fecha neste feriado de Finados

Vereador do Cabo,Ricardinho pede investigação contra seleção simplificada de Lula Cabral

O vereador Ricardo Carneiro, atual presidente do Solidariedade no Cabo e membro da Executiva
Estadual, pediu hoje ao Ministério Público do Cabo de Santo Agostinho que investigue uma
seleção simplificada realizada pela gestão Lula Cabral.

O pedido de investigação tem como base um áudio, supostamente vazado, na noite desta quintafeira
(26 de novembro), por uma mulher que tem cargo de confiança na gestão do próprio prefeito.

“Fica claro como a seleção simplificada, realizada pela Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, foi
uma grande farsa, usada com o único intuito de iludir o povo e arrecadar dinheiro para os cofres
públicos”, sustenta o vereador, mais conhecido como Ricardinho.

Segundo o vereador, no áudio, a mulher faz questão de ‘ensinar e incentivar os inscritos a
procurarem o Ministério Público (MPPE)’ e a promotora do Cabo. “Segundo ela, as denúncias
estão na mesa da promotoria e quanto mais denúncias, maior será a pressão para que o Ministro
Público possa cancelar a “Seleção” que contém fortes indícios de inúmeras irregularidades”.

Nas últimas eleições, Ricardinho pediu votos para o adversário de Lula Cabral, Betinho Gomes.
Os dois são desafetos públicos.

“Vamos divulgar e impedir que mais essa maldade, cometida pelo prefeito Lula Cabral, venha
prejudicar cerca de 12 mil cidadãos inscritos que, com muito esforço, desembolsaram entre R$ 50
a R$ 80 de taxa de inscrição, que resulta em um escandaloso montante de aproximadamente R$
700.000,00 para os cofres público Municipal”, diz.

O parlamentar disse que, no final do mês passado, já havia enviado um ofício ao Ministério
Público, propondo e alertando sobre a mesma preocupação.

“Já na última quarta-feira (25/10) fui novamente ao MPPE reforçar a contestação de vários
candidatos indignados com o processo obscuro, sendo agora reforçado com esse áudio de um CC
do governo”, disse Ricardinho, que pede o possível cancelamento da seleção.

Com a palavra, a assessoria de Lula Cabral.