Sport vence Bahia por 2×0 na Ilha do Retiro

Flamenguinho(Espanha) sagrou-se campeão da Copa Mata Sul sub 17
Mesmo condenado, Lula ainda pode ser candidato

Sport vence Bahia por 2×0 na Ilha do Retiro

A turbulência no Sport parece mesmo ter acabado. Ao menos dentro das quatro linhas. Depois do mau início no Campeonato Brasileiro, o Leão agora já ocupa a parte de cima da tabela. Na Ilha do Retiro, os rubro-negros mostraram superioridade diante do Bahia e venceram o clássico nordestino por 2×0 – gols de Douglas (contra) e Cláudio Winck. O resultado deixa a equipe pernambucana na oitava colocação da Série A, com sete pontos. No próximo domingo (13), o time pega o Cruzeiro, em Minas Gerais, pela quinta rodada.

O jogo começou sem tantas emoções. Tanto os donos da casa quanto o escrete visitante abusavam dos erros de passe. Chances claras de gol praticamente não aconteceram nos minutos iniciais. A melhor oportunidade no início aconteceu do lado do Bahia, quando Élber mandou boa bola para Edigar Junio. Sem ângulo, o atacante bateu fraco, para fácil defesa de Maílson. A resposta leonina veio com Marlone, justamente o que mais se apresentava para o jogo, mas o meia mandou fraco, de fora da área. Douglas pegou sem dificuldades.

Aos 25 minutos, o Sport finalmente entrou no jogo. Apoiados por uma numerosa torcida, os mandantes, ainda que sem muita organização, tomaram as rédeas da partida. Em cobrança de falta venenosa, Marlone exigiu ótima defesa de Douglas. Depois, Fellipe Bastos fez grande jogada, deixou dois no chão, mas não conseguiu bater com força. Quando o primeiro tempo parecia que ia terminar 0x0, Marlone levantou na área. Lucas Fonseca desviou mal, a bola bateu na trave, pegou em Douglas e entrou: 1×0 para o Leão.

Na volta do intervalo, nem houve tempo para o Bahia esboçar uma reação. Logo aos dois minutos, após sobra de bola em um escanteio, Cláudio Winck pegou a bola no ar e fez um bonito gol, ampliando para 2×0. A partir daí, os visitantes mostraram pouco poder de recuperação. No melhor lance, Elton acertou a trave rubro-negra. Aos 27 minutos, contudo, o jogo praticamente acabou para o Tricolor de Aço. Ítalo, que havia entrado no segundo tempo, foi expulso. Aí restava ao Sport administrar a vitória e comemorar mais três pontos somados na Série A.

FICHA TÉCNICA

Sport 2
Mailson; Cláudio Winck (Fabrício), Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Anselmo, Fellipe Bastos, Neto Moura (Everton Felipe), Gabriel e Marlone; Rogério (Carlos Henrique). Técnico: Claudinei Oliveira.

Bahia 0
Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Vinícius (Régis), Zé Rafael (Ítalo) e Élber; Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

Local: Ilha do Retiro (Recife)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ). Assistentes: Rodrigo Correa (RJ/Fifa) e João Luiz Albuquerque (RJ).
Cartões amarelos: Sander, Maílson (S); Ítalo, Lucas Fonseca, Júnior (B)
Cartão vermelho: Ítalo (B)
Gols: Douglas (contra), aos 43 minutos do 1ºT; Cláudio Winck, aos 3 minutos do 2ºT.
Público: 15.165 Renda: R$ 249.050,00

Fonte:Folhape