Rogério Ceni é o favorito da diretoria para assumir o Fortaleza

Globo desiste de gravar vinheta de Carnaval e aposta em “novo conceito”
Homem é espancado até a morte após matar ex-namorada a facadas

Rogério Ceni é o favorito da diretoria para assumir o Fortaleza

Sem clube desde que foi demitido do São Paulo, em julho, Rogério Ceni é o favorito da diretoria do
Fortaleza para assumir o comando do time – que está sem técnico desde o fim de outubro, quando
Antônio Carlos Zago anunciou seu desligamento após a conquista do acesso à Série B.

Em contato com o UOL Esporte, o novo presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, que assumiu o
cargo após a renúncia de Luís Eduardo Girão, na última segunda-feira (6), revelou que teve uma
conversa com Rogério Ceni na última terça (8). O clube agora aguarda a resposta do ex-goleiro.

“Nós tivemos uma conversa, conversei com ele pessoalmente. Foi uma conversa boa. É um
interesse nosso, meu particular, e da diretoria e do clube, e vamos aguardar uma resolução”, disse
o presidente, que ainda não estipula um prazo para a contratação do novo treinador.

“Vamos deixá-lo analisar, dentro do que ele entender o que for necessário, o projeto de vida dele,
então não existe um prazo. Vamos aguardar a resposta dele após a conversa de ontem. Não vou
nem falar em proposta, mas após o que foi conversado”, acrescentou.

Na semana passada, Rogério Ceni conheceu as dependências do Fortaleza e teve uma conversa
com o ex-goleiro Bosco, com quem trabalhou na época do São Paulo. Atualmente, Bosco trabalha
como preparador de goleiros do clube tricolor.

Em 2018, ano de seu Centenário, o Fortaleza voltará a disputar a Série B depois de oito anos
seguidos na terceira divisão. O acesso foi conquistado no fim de setembro, quando o time tricolor
confirmou a classificação para a semifinais após eliminar o Tupi-MG nas quartas.