Mulher morre após ser feita refém em assalto em Abreu e Lima

Veja a programação da 113ª edição da Festa do Morro
Projeto prevê enterro de pet em cemitério público do Recife

Mulher morre após ser feita refém em assalto em Abreu e Lima

Uma mulher foi morta após ser feita refém em um assalto a uma farmácia
de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, neste domingo (19).

De acordo com informações do 17º Batalhão da Polícia Militar, a vítima, a
pedagoga Iva Laíz Almeida de Alcântara Bispo, estava com o marido e a
filha na Pague Menos da BR-101 quando, por volta das 17h50, dois
homens chegaram em uma moto e um deles entrou e anunciou o assalto,
fazendo-a de refém.

O vigilante do estabelecimento, Josué Policarpo da Silva, tentou desarmar
o assaltante, e, pelas imagens do circuito interno de segurança, foi
constatado um disparo foi feito pela arma do bandido, de calibre .38,
atingindo a vítima.

Outros roubos

Ainda segundo a polícia, os suspeitos são de Igarassu e chegaram à
farmácia em uma moto roubada. Felipe Mateus da Silva Pessoa, de 18
anos, foi agredido por populares após ação criminosa e levado para a
delegacia, onde responderá pelo crime de latrocínio. Uma outra vítima, uma
dona de casa de 30 anos, dele teve o celular roubado momentos antes do
assalto na farmácia e também prestou queixa na polícia contra ele.

As investigações do caso ficarão com a delegada Eliane Caldas, do
Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).