Fenômeno Maré Vermelha preocupa comerciantes de Muro Alto

Clipe recifense com mulheres se masturbando é censurado pelo YouTube
Motorista da vereadora Marielle estava fazendo bico para sustentar a família

Fenômeno Maré Vermelha preocupa comerciantes de Muro Alto

Um fenômeno conhecido como Maré Vermelha anda assustando os
frequentadores da praia de Muro Alto, em Ipojuca, Região
Metropolitana do Recife. O fato, que começou na última sexta-feira
(9), ocorre duas vezes ao ano, em março e setembro, e é provocado
por um desequilíbrio ambiental e pelas algas que se concentram no
fundo do mar e liberam toxinas.

Segundo o biólogo Robson Garrido, o fenômeno natural da Maré
Vermelha é ocasionado pela proliferação de alguns tipos de algas
tóxicas que vão do fundo do mar para a superfície. Ele explica como
ocorre o fenômeno.

O secretário de Meio Ambiente e Controle Urbano de Ipojuca, Erivelto
Lacerda, afirmou, em entrevista ao canal do YouTube TV Ponto Net,
que a prefeitura está tomando as medidas necessárias para resolver
o caso.

Mas o fenômeno, que em nada lembra as águas cristalinas do Litoral
Sul pernambucano, tem afastado turistas e, consequentemente,
prejudica os comerciantes.

Enquanto ainda não há uma solução para a Maré Vermelha,
pescadores, comerciantes e turistas precisam esperar o fenômeno
passar para voltar a aproveitar a tranquilidade, as águas cristalinas e
a vida marinha diversa do local.