Corpo de professor é encontrado em Sirinhaém

Inscrições para concurso dos Correios terminam neste domingo
Prefeitura de Ipojuca justifica gastos com o Natal em 2017

Corpo de professor é encontrado em Sirinhaém

Um professor de 29 anos foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (3), em Sirinhaém, no Litoral Sul de Pernambuco. No corpo de Gilmar Humberto dos Santos, foram identificadas perfurações pelo corpo e um corte no pescoço, que, segundo a Polícia Militar, devem ter sido provocadas por golpes de faca.

Antes do crime, o professor abasteceu o carro, um Ford Fiesta branco, no posto de combustível São Roque, que fica há alguns quilômetros de onde ele foi achado, também nesta manhã. No carro, foi encontrada a carteira de habilitação da vítima e nenhum sinal de sangue.

Conforme a frentista do posto que atendeu Gilmar, o docente abasteceu o veículo por volta das 20h50 dessa quinta-feira (2) e pagou no cartão. “Pelo que deu para perceber, ele estava sozinho dentro do carro, mas não tenho certeza porque estava escuro. Ele ainda saiu do carro para passar o cartão na máquina. Não parecia bêbado, nem assustado. Se estivesse sendo ameaçado, acho que ele falaria alguma coisa ou faria algum sinal. Depois que ele saiu, não prestei atenção para qual lado foi”, disse a funcionária, que preferiu não se identificar. Ela afirmou que prestou depoimento para a polícia, que já esteve no local e periciou o carro de Gilmar.

Servidor das prefeituras de Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho, o professor morava em Jaboatão Centro e havia saído na quinta-feira (2) da casa dos pais no distrito de Camela, onde passava o feriado.

 IML 

O corpo do professor foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no centro do Recife. Parentes e amigos da vítima foram até o local para liberar o corpo do professor. Gilmar Humberto dos Santos será enterrado neste sábado (4) em Camela. O caso vai ser investigado pela delegacia de Sirinhaém