Cachorro mata dono com tiro no abdômen antes de caçada

Adolescentes de 13 e 15 anos são assassinados a tiros em Paudalho
Faculdade Fachuca não paga a professores desde novembro.

Cachorro mata dono com tiro no abdômen antes de caçada

Amigos, amigos, caçadas à parte. Sergey Terekhov, 53, não teria como imaginar que levar os dois cachorros para uma expedição na região de Saratov, na Rússia, resultaria num acidente mortal.

De acordo com o portal do jornal britânico The Sun, Terekhov deixou os pets para fora do seu Lada antes de começar a caçada. Um dos animais então se aproximou dele e acabou disparando o gatilho de uma arma carregada.

A bala do rifle de caça TOZ-34 atravessou o abdômen de Terekhov e ele acabou caído sobre a neve.

Alguns amigos que o acompanhavam na expedição chamaram uma ambulância imediatamente, mas Terekhov não resistiu ao ferimento e morreu menos de uma hora após o disparo, antes mesmo de chegar ao hospital.

Um investigador da polícia explicou o que teria ocorrido: “A arma estava no joelho. A parte de trás da arma estava no chão, o barril estava direcionado para o abdômen”, contou.

O cão de Terekhov é um Sabujo da Estônia. A raça é reconhecida pelo temperamento equilibrado e pelo nível alto de inteligência.

Eles amam receber atenção humana e ficam chateados quando ficam sozinhos. São criados na Rússia desde o regime comunista da antiga União Soviética.