BEBÊ DE 1 ANO MORRE NO HOSPITAL INFANTIL DO CABO APÓS TOMAR MEDICAMENTO.

Homem é atingido por bala perdida dentro de igreja
Mulher morre após ser atingida por carreta em acidente grave na BR-101

BEBÊ DE 1 ANO MORRE NO HOSPITAL INFANTIL DO CABO APÓS TOMAR MEDICAMENTO.

Recebemos ontem, segunda-feira, uma mensagem (via inbox) informando do falecimento de uma criança no
Hospital Infantil do Cabo.

O que parecia ser apenas uma simples enfermidade virou uma grande tragédia. Fernanda de apenas um ano e
sete meses de idade, moradora da práia de Gaibu deu entrada no Hospital Infantil do Cabo de Santo Agostinho
na manhã da última segunda-feira (20).

Segundo apurou Adriano Joseph, o estado de saúde da menina estava piorando e uma transferência era
necessário.

“Se tivessem olhado o caso com carinho tratariam de transferir urgentemente a Fernandinha. Depois de um
certo tempo a doutora Yasmin (que estava no repouso no momento) foi chamada e prescreveu um remédio
para criança que estava com o estado de saúde piorando. Após essa aplicação a menina veio a óbito, apesar
de várias tentativas para reanimá-la. O Dr Bruno tentou entubá-la e não obteve sucesso. Os pais se
deseperaram. O pai tentou se matar usando uma tesoura e a mãe correu para BR 101 para atentar contra a
própria vida ao saber do falecimento da filha.

Ainda segundo Adriano, o pai havia solicitado que levassem o corpo da menina para o SVO, o que não foi
atendido.

“Agora o que mais nos intriga é que não atenderam o pedido do pai de Fernanda de levar o seu corpo para o
SVO (serviço de verificação de óbito) para saber a causa morte dela. Mas como o corpo já foi sepultado e se
não fosse tão doloroso para os pais caberia uma exumação do corpo por que quem deu o laudo foram os
médicos do Infantil”.

Adriano disse ainda que com a situação ocorrida no plantão até um médico ficou consternado.

“Ficamos tão consternados como o médico Ubiraci, que é considerado o melhor pediatra do hospital que fora
de si, saiu atônito, em alta velocidade e revoltado”. Revelou Adriano.

O corpo de Fernanda foi sepultado na tarde de ontem, dia 20/11.

O hospital Infantil doutor Adailton Corte de Alencar foi reinaugurado no último dia 30 de outubro pelo prefeito
Lula Cabral.

Abaixo, na imagem, o relato de uma internauta.

Fonte; Adriano Joseph e Sim Noticias